Resenha: Todo Dia por David Levithan

segunda-feira, abril 03, 2017

Hoje é dia de resenha e de um livro maravilhoso que estou muito feliz de poder falar dele para vocês! Espero mesmo que gostem, fiz com muito carinho!


#Sinopse: "Neste novo romance, David Levithan leva a criatividade a outro patamar. Seu protagonista, A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Depois de 16 anos vivendo assim, A já aprendeu a seguir as próprias regras: nunca interferir, nem se envolver. Até que uma manhã acorda no corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A partir desse momento, todas as suas prioridades mudam, e, conforme se envolvem mais, lutando para se reencontrarem a cada 24 horas, A e Rhiannon precisam questionar tudo em nome do amor." - Skoob


A. não tem gênero, não tem cor, não tem corpo, é apenas uma alma, a essência que todos temos dentro de nós, a vida em sua forma mais complexa e linda. Um personagem tão extraordinário e ao mesmo tempo tão solitário, mas que tem em si uma beleza tão grande que é impossível descrever. A cada novo dia ele ocupa a vida de alguém diferente e tem o poder de vivenciar sua existência da forma mais completa possível, adquirindo toda sabedoria que pode ter, porque é a única coisa que ele leva consigo à cada novo corpo. Além de seu amor por Rhiannon.
Esse livro é muito mais do que um mero romance. É claro que você torce pelo amor dos dois, que mesmo com tantos obstáculos, a verdade de seus sentimentos é quase palpável e ultrapassa os limites que podemos compreender, mas também é mais profundo e intenso do que apenas isso, é sobre a verdadeira essência do ser humano, da importância do caráter que nos molda e que nos faz sermos quem somos, que vai muito além das aparências e de toda beleza que alguém pode ter.
Uma história que possui uma infinidade de lições e sabedorias que o autor nos passa a cada capítulo, a cada nova vida de que A vive por um dia, que te faz parar e refletir sobre toda sua vida.

Com uma escrita espetacular e ao mesmo tempo muito tocante, ele nos traz uma narrativa que muda o seu conceito de vida, de humanidade e te mostra que o é verdadeiramente belo, é muito mais do que o que podemos ver. É o que sentimos.
Posso dizer que esse livro me deixou com sentimentos conflitantes em relação à quem eu sou e quem quero ser, ainda não sei se é algo bom ou ruim. São tantas informações, tantos novos modos de ver o mundo, jogados na sua cara de forma tão crua e direta, que sinto que não estava preparada o suficiente para essa avalanche de novos ideais e conceitos que foram jogados em cima de mim de uma vez. Ainda estou aprendendo a entender as coisas do mundo, então esse livro simplesmente chegou, invadiu minha mente e abriu meus olhos para certas coisas (grandes e importantes coisas), mas à deixou ainda mais confusa do que ela já é. Não sei se é compreensível, mas é como me sinto. Acho que me sinto como Rhiannon se sentiu com toda essa complexa situação.
Mas nada disso diminui o amor que eu criei por essa história, nem faz dele um livro ruim, porque acredito que seja esse o propósito do autor, nos fazer ler com a mente e o coração abertos, dispostos à aprender e absorver tudo que esse livro tem a ensinar, porque são coisas incríveis que irão quebrar barreiras e mudarão sua forma de pensar e de encarar a vida. É preciso se desprender das coisas que te aprisionam, então é bom estar pronto para isso. Estou absorvendo aos pouquinhos cada coisa que aprendi com esse livro e posso dizer que é algo extraordinário.



Então recomendo, mil vezes. Quero que vocês os tenham no coração assim como eu. 

Nota: 5/5⭐️+♥️
Editora: Galera Record.

You Might Also Like

1 comentários

  1. Adorei as fotos e a resenha! Eu li esse livro há algum tempo e gostei muito.

    ResponderExcluir

Popular Posts